New York

New York city é uma cidade pulsante, viva, absolutamente sedutora. Agitada 24 horas por dia. Tudo o que você quiser fazer ou precisar você encontra lá. E você não estará só, há um conglomerado de pessoas que vão e vem, sem parar, de todos os países. Por isso é conhecida como a capital do mundo. A diversidade cultural é imensa. Muito bem estruturada você pode conhecê-la a pé. O transporte coletivo é muito bom, com fartas linhas de ônibus, uma vasta rede de metrô, transporte bem eficiente, de fácil acesso e uma grande frota de taxi, os chamados yellow cabs, mais caros que o metrô e ônibus, porém, nada exagerado. O trânsito, como o de todas as grandes metrópolis, é congestionado. A cidade é bem cuidada, com boa infraestrutura, principalmente no quesito segurança. Há uma enorme gama de restaurantes – cozinha internacional, lanchonetes, cafeterias, hotéis dos mais variados preços e estilos, parques, museus, teatros e muitas lojas de grife internacional.

New York possui vários símbolos que a eternizaram no cinema, tais como a Fifth Avenue, Times Square, Estátua da Liberdade, Central Park, Metropolitan Museum, MOMA – Museum of Modern Art, Empire State e uma outra infinidade de opções.

Conhecer a cidade é se aventurar no mundo dos sentidos. Lá se falam todas as línguas. Você nunca estará só. Porém, cidade pulsante e viva que é, não deixa de ter suas cicatrizes, como expressa o recém construído World Trade Center Memorial, um complexo de prédios (4 World  Trade Center, com 72 andares) e o momumento em homenagem às vítimas do 11 de setembro (9/11 Memorial), erguidos onde se localizavam as Torres Gêmeas.

As pessoas sempre estão apressadas: os moradores, os turistas, todos em busca de aproveitar o tempo, o máximo possível.

À noite a cidade continua pulsante e se transforma num grande luminoso.As pessoas se preparam para os grandes musicais, peças teatrais e jantares em restaurantes espetaculares.

O Central Park é a natureza presente na cidade de concreto, de conglomerados de edifícios altíssimos. Para você dar uma volta inteira ao redor do parque precisa percorrer 10 km. Ele possui 843 acres, representa 6% da ilha de Manhattan. Vários artistas e músicos famosos de todos os tempos sempre frequentaram o parque, sendo que muitos moraram e ainda moram nos seus arredores. É um local muito bem cuidado e preservado, sendo praticamente o pulmão da cidade. Até um zoológico existe lá dentro (entre a 63rd Street e a 66th Street (entre os meses de novembro a março a visita é diária das 10 às 16h30 – preço US$ 10,00 adultos)). Você pode optar por conhecer o parque de uma forma muito romântica, através de um passeio de carruagem (entre a 5th Av e Central Park South – duração 20 minutos ao preço de US$ 40,00). Há vários pontos muito famosos e eternizados no interior do parque: Bow Bridges – uma das pontes mais fotografadas do Central Park – locação de filmes famosos de Hollywood, o local mais romântico do parque (74nd Street), próximo ao Bethesda Terrace ( 72nd Street)– no coração do Central Parque – deste terraço, se tem uma vista linda da região. Dentro do parque há, ainda, um teatro – o Delacorte Theater, onde há apresentações gratuitas da peça Shakespeare in the park; uma estação meteorológica e um observatório, com uma coleção de telescópios.

O Parque é mantido pela Park Conservancy, que recebe doações. Dentre as pessoas conhecidas que fazem doações anuais está Yoko Ono, para manutenção do mosaico  em  homenagem a John Lennon – Strawberry Fields ( West Side, entre a 71st  e 74nd Street). Outro local fantástico para se fazer caminhadas dentro do parque é The Mall, onde há esculturas de personagens famosos, na área conhecida como Literary Walk ( entre a 66th e 72nd Street). O local preferido pelos novaiorquinos para a prática de cooper ou leve caminhada é o The Central Park Reservoir ( entre a 86th e 96th Street), hoje denominado Jackeline Kennedy Onassis.

Há um local agradabilíssimo que é o Loeb Boathouse ( entre a 74th e 75th Street).Lá se pode alugar barcos e bicicletas nos meses de abril a outubro. Indicamos o Boathouse Restaurant, para um brunch, almoço, uma refeição rápida ou até mesmo apenas um café.

Próximo ao Central Park há o Metropolitan Museum of Art ( 1000 Fifth Avenue). Visita imperdível. Há que ser explorado. É grandioso e espetacular. A entrada custa US$ 25,00 e o audio guia US$ 7,00, em vários idiomas.

Outro cartão postal da cidade é o enorme complexo de edifícios comerciais – 19 no total – Rockfeller Center  (30 Rockfeller Plaza – Entrada pela 50th Street). Esse complexo se torna realmente um cartão de visitas na época do natal, quando é montada uma gigantesca árvore de natal bem no centro da praça principal, inaugurada sempre após o Thanksgiving. As crianças e os adultos se divertem, principalmente, na pista de patinação montada no inverno. É um espetáculo à parte.

Há o edifício da ONU ( 405 East 42nd Street) que oferece visitas monitoradas de 2a. a 6a. Feiras das 9h45 às 16h45 ao custo de US$ 16,00, por adulto.

A religiosidade também se faz presente na cidade, com várias igrejas presbiterianas e católicas. A maior catedral católica dos Estados Unidos está localizada na 5th Avenue, entre a 50th e a 51st Streets – Saint Patrick’s Cathedral, construída entre 1853 e 1879, com arquitetura neogótica. A antiga catedral está localizada na 263 Mulberry Street.

Se você puder estar em  New York na quarta 5a. Feira do mês de novembro, irá participar do Thanksgiving, quando acontece o Macy’s Day Parade, um desfile de carros alegóricos, personagens infantis e balões que percorrem as ruas de Manhattan, iniciando-se na 77th Street e Central Park West, às 9h, percorrendo a Columbus Circle, no Central Park South, onde há uma visão mais panorâmica do desfile, continua pela 6th Av. A orientação é se evitar assistir à comemoração na 6th Av entre a 34th e 38th Streets, o Macy’s Herald Square, porque as emissoras de Televisão limitam a entrada das pessoas, para a montagem dos equipamentos e filmagem da festa.

A Parada alcança seu fim em frente à Macy’s Herald Square, na 34th St.

A partir da tarde da quarta-feira anterior ao dia do desfile, os balões começam a ser cheios no Museu de História Natural.

As lojas, no feriado de Thanksgiving abrem às 6 h da tarde e ficam abertas a noite e o dia seguinte – a famosa black friday, ininterruptamente.

Mais dicas? Vá ao SOHO ( South of Houston St.); NOHO ( North of Houston St.), TRIBECA ( TRiangle BElow  CAnal  ) ; NOLITA ( North of Little Italy); DUMBO ( Down under the Manhattan Bridge Overpass) uma área do Brooklyn; Little Italy; Central Station; Bull of Wall Street; Wall Street; MOMA; Madson Square Garden; Broadway; Museu de História Natural.

Descubra New York e se sinta cidadão do mundo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*